Sexta linda

"No meu quadro do Café de Noite, tentei expressar que o Café é um lugar onde alguém se pode arruinar, enlouquecer ou cometer um crime. Pelos contrastes das tonalidades de um rosa delicado e vermelho-sangue e vermelho-escuro, de um verde suave Luís XV e verde veronês contra um amarelo-esverdeado e azul-esverdeado forte - tudo isto numa atmosfera do rubro de fogo infernal e um amarelo baço de enxofre - quis exprimir o poder tenebroso duma taberna", diz o artista. E acrescenta: "Por todo lugar há luta e antítese: nos vários verdes e vermelhos, nas pequenas figuras dos noctívagos adormecidos, na sala vazia, lúgubre, no violeta e no azul".




Vincent Van Gogh - 30/03/1853 29/07/1890

Van Gogh é o meu preferido dos preferidos. Gosto mais da época em que ele pinta com pinceladas marcadas. Com diversidade de cores. Acho impressionante como ele vê o mundo, dentro da cabeça dele, claro. As cores diferentes das que eu vejo, mostra como ele sente cada objeto. Há diversos auto retratos dele em que as cores predominantes são amarelo e vermelho.

Ele foi um cara perturbado! Teve diversos diagnósticos, alguns diziam que ele tinha personalidade bipolar, outros que ele teve envenenamento por tinta. A verdade é que todos os artistas são pessoas muito sensiveis, por isso têm grandes obras. Acho que era muito dificil para ele viver, porque ele sentia demais.

Há variadas teorias sobre porque suas obras tem predominantemente amarelo. Alguns dizem que ele era daltônico, outros que a bebedeira deixou ele com uma visão amarelada. E por aí vai.

Ele quis ser padre. Não sei de que religião, hehehe, mas estudou teologia e não foi aceito. Isso o deprimiu, assim como os amores não correspondidos, e as amizades quebradas, imagino que por seu temperamento explosivo.

O único que cuidou dele foi o irmão, que morreu seis meses depois de Van Gogh ter cometido suicídio. Hoje eles estão enterrados lado a lado.

O Van Gogh é o cara que cortou a própria orelha.

Ele assinava Vincent porque as pessoas não conseguiam pronunciar seu sobrenome.

Ele vendou um quadro pouco tempo antes de se matar. Então acho que a pobreza não foi o que o levou ao suicídio.

Não aguentei e coloquei mais de um quadro em um dos meus álbuns:


Van Gogh

Comentários

  1. Oi, Mana, definitivamente vc precisa continuar com suas sextas lindas. É muito gostoso mudar o mapa mental depois de tanta RA, atividades fisicas, calorias... Bom, vai ser chover no molhado dizer que, como vc eu tb adoro esse gênio perturbado. Alguns não entendem ou não suportam aquele "toque divino" que te falei antes. Vide Mozart, por exemplo. Valeu pelo "refresh". Bjs. Zá

    ResponderExcluir
  2. Eu sai do GG pro G, é uma delicia, já não me sinto a Gigante!!
    Tb sou muito baixinha e GG era um super exagero.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. oi, passei para et desajar um ótimo fds, beijos

    ResponderExcluir
  4. Adoro pinturas e história da arte!

    Seu blog está bem cultural!!!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Nossa adorei isso sei la deu uma relaxada, eu estava pensando em pintar pra relaxar falam que ajuda na RA quem sabe eu n tente né, mas nada comparado a algo assim pois ele como muitos grandes pintores são imcomparaveis =]


    bjos


    www.broboleta.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. A arte é linda. No seu blog, vc dá seu toque e não sei como a arte fica mais linda e fascinante do q e já era.
    adoro suas sextas-lindas!
    adoro van gogh tb.

    amei seu comentário no meu blog, qria agradecer por tds os outros, ams especialmente por esse =]

    ResponderExcluir
  7. Pôxa, você entende mesmo de pintura. Eu olho para um quadro e só penso se achei bonito ou feio. Não tenho essa profundidade que você tem. Ontem fui ver a exposição Incas, Maias e Astecas em um museu aqui em Tóquio. Adorei! Pena que os detalhes sobre as peças estavam em japonês... o museu também estava muito cheio. Mas, gostei. Pretendo repertir essa experiência. Beijos! =)

    ResponderExcluir

Postar um comentário