8/17/2007

Sexta Linda

Jacques-Louis David (1748-1825)

O pintor de hoje também é francês. Foi por muito tempo o pintor oficial da corte. É dele aquele quadro do cara morto na banheira. Aquele que tem no livro de história!

O Rapto das Sabinas


Conta a lenda que no começo de Roma a cidade era formada basicamente por homens, os soldados do Rômulo (ou do Remo? hehehe).

Porém, Rômulo não podia iniciar uma cidade sem mulheres. Pediram para os Sabinos, povo dos montes vizinhos, que emprestassem, mas os Sabinos achavam os Romanos ralé! (mais ou menos isso) e não quiseram esse acordo.

Rômulo que era esperto (afinal, fundou Roma) não deixou por menos. Convidou todo o povo Sabino para uma festança nas terras de Roma. No meio da festa, com os sabinos todos chapados, os romanos raptaram as sabinas, e expulsaram os sabinos.

As sabinas ficaram. Os sabinos voltaram para suas casas e arquitetam uma vingança! Invadiram a cidade para matar os romanos. Porém, as sabinas eram ainda mais espertas que Rômulo! Elas se colocaram no meio dos soldados impedindo que seus pais matassem seus maridos, e que seus maridos matassem seus pais e irmãos.

O quadro mostra a cena da batalha. Há mulheres e crianças entre os soldados. Há um soldado no cantinho direito, em baixo, que já está recuando. Os dois soldados do centro estão a ponto de lançar suas armas, mas não o fazem pela mulher que está no meio deles.

Há uma mulher segurando um bebê no alto, na altura das lanças. Uma mulher um pouco mais velha, perto do escudo da direita mostra o peito e diz: "Só se passar por cima do meu cadáver".

Esse é um quadro que eu gosto muito-muito, e nem é pela bundinha do cara! (ou talvez seja um pouco haahah). Gosto por retratar uma história que achei fascinante.

O quadro mostra os corpos atléticos com perfeição, como no estilo clássico do romanos do classicismo. Há quem diga que além do choque entre os dois povos mostrados claramente, há também o choque de estilo. Choque entre o clássico (que seria o conservador na época) com o estilo novo. Mas não entendo o suficiente de estilo para saber.

Eu fiquei pensando um pouco para descobrir qual dos dois lados são os romanos. Será que alguém aí tem alguma idéia? Pra mim, os romanos são os da direita. Olhe no escudo da direita. Não é uma loba? Aquela que amamentou Rômulo e Remo?

Ah! No final as sabinas vencem. A luta cessa! Rômulo propõe que os dois povos se unam, e para mostrar que estava falando sério, faz com que o governo seja liderado sucessivamente por romanos e sabinos.

É uma lenda. Não se sabe se foi verdade. Mas no começo de Roma houve esse governo intercalado e é um fato histórico.

8 comentários:

  1. Oi guria...alto padrão de postagem, hehehe parabéns...pra mim os Romanos são os da direita (o da bundinha é Romano) hauahuah...e a empolgação pro desafio como ta? beijos ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Ossudinha da Silva!

    Nossa! Fascinante essa história desse quadro. Eu não conhecia.

    Seu blog é cultura também!

    hehehe

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá!!! Esse quadro de hoje é lindíssimo, do ponto de vista da técnica, do jogo de luzes, cores e formas. Indiscutivelmente belo. Mas o que ele retrata é uma das coisas que mais me apavora. Chega a ser atávico, pois acho que devo ter morrido disso em alguma encarnação passada: guerra de lanças e espadas (tenho pavor!),crianças em situação de violência e terror, mulheres tentando defender suas crianças. Meu, isso me arrepia, sempre. O que ameniza esse clima todo de desespero é a suavidade das formas femininas e as formas masculinas perfeitas. A gente para de enxergar a guerra e começa a se deleitar com o quadro. Beleza. Já que estamos na sexta-linda, vou te falar de um quadro que acho o supra sumo do realismo. Nada me passa mais a sensação de realidade do que "O Grito" (Skrik) de Edvard Munch. O quadro chega a ser feio, até, mas como é expressivo! Toda vez que o vejo parece que escuto o tal grito que mais parece com aqueles gritos de pesadelo que a gente quer gritar, mas não consegue. Muito louco. Vc deve conhecer. Um bom e proveitoso dia prá vc. Bjs. Zá

    ResponderExcluir
  4. estela.salmoria@ig.com.br17 de agosto de 2007 08:57

    OI, Gordinha.
    Gosto de vir aqui porque a gente sempre aprende algo!Eu tive conhecimento dessa batalha no primeiro semestre desse ano, numa aula da Latim.
    Gordinha da Silva tbm é cultura.
    Adoro teu blog!
    beijão e ótimo findi!

    ResponderExcluir
  5. Muito legal seu blog! Muitas histórias engraçadas. Vi o link no blog da Samera, a Mulher Maravilha. Posso colocar um link no meu? Neblina.

    ResponderExcluir
  6. Só passei pra dar um oi e obrigado pelas dicas.

    ResponderExcluir
  7. Essa foto me faz pensar no Rio.. rheheh

    ResponderExcluir
  8. oi linda!!!
    Aff estou numa correria só.. nem deu pra ler o que vc escreveu no blog, mas passei pra dizer que devemos telefonar pra o immetro kkkkkkk essas bikes nos matam kkkkkkkkkkk bjim!!!!

    ResponderExcluir