Pista de dança

A vida é uma pista de dança.

Fui no casamento (tem alguns detalhes e algumas fotos no post aí de baixo) e na hora que estava lá no meio da muvuca me lembrei do meu bloguinho. E me lembrei de um tema.

A vida é uma pista de dança. Há aqueles que ficam sentados à mesa olhando os que dançam morrendo de vontade de se levantar mas sem coragem. Há os que não curtem, não se importam, e não estão nem aí pra dança. Há os que vão e dançam.

Normalmente os que ficam nas mesas com vontade de dançar não vão porque têm vergonha, acham que não sabem dançar, acham que os outros vão reparar. Basicamente têm medo da opinião alheia.

Mas, quem está na pista dançando, não repara como o outro está dançando. Principalmente quem está dançando de olhos fechados.

Quem repara como os outros dançam são aqueles que ficam sentados querendo dançar.

Então, quem faz julgamentos é quem olha, e não quem dança. Quem dança só quer dançar.

Eu já fui daquelas que ficavam sentadas olhando. Morrendo de vontade de ter coragem para levantar. Mas um dia eu levantei, fui, dancei.

Como toda mudança, muita coisa me levou ao momento da decisão de quebrar o padrão. Mas cada um tem o seu próprio conjunto de motivos. Quem quiser um empurrão pode ler o livro Zorba, o grego.

Eu descobri que esperar para ter coragem de levantar na próxima festa é perder tempo! Ter vergonha é perder tempo! É se colocar em espera.

Graças a Deus hoje eu tenho meu lindinho que levanta da mesa comigo. Mas eu não conheci meu lindinho na mesa. O conheci na pista de dança.

Não espere a próxima festa para viver. Não espere que algo mude para que assim você possa viver. Não condicione sua felicidade!

Se você não tem uma ferrari, não diga "quando eu tiver uma ferrari eu vou ser feliz". Seja feliz no busão!

Ficar na mesa olhando a vida passar é perder tempo. Ficar com vergonha é perder tempo.

E, afinal de contas, que mal há em dançar feito um papagaio!? O importante é não pisar muito feio no dedão de outra pessoa. Principalmente com salto agulha!



ps. meu lindinho dança mesmo comigo! As vezes ele levanta primeiro que eu. Alguns zoam o jeito como ele dança. Mas *eu* sou uma das únicas mulheres que pode falar que tem um homem que dança. E eu não troco isso por nada.
ps2. com esse comentário aí de cima eu não quis dizer que eu dance bem. HAUAHUAH. Só disse que eu danço


Comentários

  1. Oieee, ai q saudades de ir a uma festa de casamento, é tudo de bom!!!! Ainda bem q vc se controlou, rsss
    Muito bonito o vestido e a maquiagem, gosto de coisas simples e sem exageros, arrasou!!!!
    Qt a pista de dança, vc disse tudo, quem repara são aqueles q ficam sentados com vergonha do mundo, eu tb durante muito tempo não levantava nem a pau com medo das pessoas repararem...problema delas e não meu não é mesmo???
    Beijocas e ótima semana =]

    ResponderExcluir
  2. Ai Gordinha,

    vc me deixou babando viu!

    No Brasil eu soh fui à 3 casamentos. Agora minhas amigas estao casando e eu aqui longe. Queria tannnnto ve-las de noiva! E comer todos aqueles salgadinhos e docinhos de casamento! ihihih
    Aqui o casamento é bem mais chique e frio. Nao é a mesma coisa. Quando eu casar..... vou fazer um mega churrascao no suburbio do Rio! Com direito a banho de mangueira e pista de dança! =) Nada de ôro menina, quero é farra! =)

    Beijao e boa semana

    ResponderExcluir
  3. Oi, GÔ!
    O último casamento que eu fui aconteceu em 1992, e era da irmã de um amigo meu. As pessoas à minha volta não casam mais, é incrível.Nem eu casei, só juntei os panos(hehehe).Tu pretende casar de vé e grinalda?
    Estavas muito chique... mas cadê o lindinho?

    Beijão e ótima semana!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gô! Ficou liiiiiinda no casamento!! Ah, eu adorei esse post. Tudo de bom e concordo plenamente com vc. Eu tb já passei muitas festas olhando, hoje eu tb danço, mesmo sozinha! Tô nem aí! :) Bjo e boa semana!!! Cris

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua metáfora da pista de dança/vida. É isso aí, a gente tem que cai na dança!
    O vestido tava básico-chique.
    De "Ôro" eu não tenho mais nada desde que o ladrão levou tudo que a gente tinha, mas tem bijoux por aí a preço de ouro...
    Ai, ai docinhos de casamento...Ui chega dá um arrepio.
    Bjins.

    ResponderExcluir
  6. Gordinha, adorei as fotos e o post. Saudades de visitar o seu cantinho, mas há quase 60 dias venho lutando contra uma gripe-bronquite sem fim. Aos poucos, espero retomar minha RA, minha atividade física e minhas visitas. Beijos mil e boa semana. =)

    ResponderExcluir
  7. ahahah! adorei o seu post, principalmente a primeira parte onde você faz essas observações todas, de onde uma pessoa só pode inferir uma coisa: é totalmente verdade! E, vou ser sincera, sou uma das que fica sentada. Não sei ao certo se gostaria de ir pra pista ou não, porque nem gosto muito de dançar, mas que também me dá uma vergonha danada, dá! Este ano vou ter dois casamentos, vou ver se pulo pra pista, fazendo cenas ou não, mas divertindo-me ;D

    Beijão! :D

    ResponderExcluir
  8. Oi Minha Querida, voltei! Em primeiro lugar vc esteve linda no casamento, parabéns! Segundo que eu nem imaginava que vc fosse pé-de´valsa, hehehe. E eu tô mais prá tia das bolsas, manja? Aquela que não dança mas olha a bolsa de todo mundo? Hehehe. E reparo também ... no cabelo, no vestido, no gingado ou na falta de. Mas enfim, sou do bem, não fico censurando. Eu definitivamente não sei dançar no sentido literal, mas entendi sua metáfora e nela, danço muuuuito. Na pista de dança real eu só dou mancada, pisando no pé do parceiro a toda hora, hehehe. Bjs. Zá

    ResponderExcluir
  9. Simplesmente perfeito o que você escreveu.

    É bem isso mesmo: só quem está olhando, com vontade de imitar, repara!

    :)

    ResponderExcluir
  10. Tava xiki hein bem? rsss... Meu marido também dança... e o povo também ri muito dele, mas eu, como vc, nem ligo. rsss...Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Menina
    Amei este seu post!!!
    E bem assim mesmo, temos que chutar a barraca e dancar, aproveitar!
    Bjsss
    Vi

    ResponderExcluir
  12. Oi flor...
    Lindo seu texto...Me fez refletir q eu ainda sou jovem, tenho 21 aninhos e uma vida inteeeeira pela frente...e q se eu demorar pra levantar da mesa pode ser tarde demais...
    Bom, suas fotos ficaram um espetáculo viu fia?! hehehe
    Ah! Nem lembro se deu tempo de eu comentar aquele dia, mas sobre um post mais velho, aqui em Jundiaí onde moro q tb eh interiorrrrrrr aquele suquinho congelado, a gente tb chama de geladinho! rss..Eme deu saudades do tempo q eu voltava do primário pra casa e comprava um todo dia na saída..hehe..
    Bjus

    ResponderExcluir

Postar um comentário