9/12/2008

Sexta Linda

Girassóis de Vicent Van Gogh - 1888



Clique na figura para ver tudo de pertinho.

Esse é o quadro mais maior do mundo inteirinho, segundo alguns. Talvez alguns dos melhores críticos de arte...

Segundo a wikipedia:
Doze girassóis numa jarra é considerada uma das melhores e mais famosas obras do pintor holandês Vincent van Gogh.

Após a sua chegada ao sul de França, estabelecendo-se em Arles, Van Gogh "descobre" o sentido da cor e da luz, e é neste período que a obra sua sofre a chamada "explosão da cor". Doze Girassóis numa Jarra pode ser considerado o culminar de todo este efeito em sua obra.

Acabado em Agosto de 1888, o quadro está hoje exposto na Neue Pinakothek, em Munique.

Atualmente, esta é uma das telas mais famosas do mundo. Tal sucesso e reconhecimento contrastam com a vida do seu autor, que sempre viveu à margem da sociedade.

Mas, além disso, vou contar agora o que é essa coisa de explosão de cor que se refere aí o texto. Final de semana passado assisti um programa sobre o Van Gogh, e nesse programa aprendi algumas coisinhas que queria compartilhar.

O Van Gogh era um cara que nasceu em uma família altamente católica do tipo que não pode nem nada. Altamente podante! O Vincentinho coitado sofreu, mas decidiu estudar arte, nos primeiros tempos de arte, ele inclusive retrata o conflito que sentia entre a racionalidade e a infância cheia de religião e regras e essas coisas que todo mundo já conhece.

Pois bem, ele foi e saiu da cidade natal, indo para Paris (ó Paris) indo lá cair na gandaia! Nessa época ele aproveitou a vida e pintou várias coisas, porém essa vida de cidade grande não foi muito com a cara dele, ou ele não foi com a cara de alguma coisa..... Pois bem, outra mudança.

Foi entõa morar na região de Arles. Como eu nunca vivi na Europa, não faço a menor idéia do que seja essa diferença, mas o carinha do programa disse que essa cidade era muito mais iluminada, o sol era mais claro, o ar era mais limpo. Então, aí, Van Gogh descobre as cores. Foi nessa época que ele pintou o quadro do quarto dele, o quadro da casa amarela (que vale uma outra sexta linda) e pintou esse quadro dos girassois.

Em Paris, o Van Gogh conheceu um amiguinho muito-muito querido (não o van gogh não era viado, não que eu saiba) era um outro pintor com o qual sempre conversava e discutia sobre pintura, era o Gauguin. Pois bem, depois da mudança, o Van Gogh encheu tanto, mais tanto o saco do Gauguin até que ele o fosse visitar.

Esse quadro Van Gogh pintou para enfeitar a casa dele de flores para receber o amigo. Não é lindo!? Pintou esse e mais 5, se não me engano (um total de 6)

Pois bem, só mais um pouquinho... O carinha do programa disse que na opinião dele esse quadro é o melhor auto retrato do Van Gogh (você sabe, né? que o Vincentão tem um monte de auto retratos, inclusive um com atadura na orelha) Pois bem, há contrate de cor entre o amarelo e o azul, o vermelho, o verde. Há as sementes todas batidas no centro das flores. Há algumas flores caídas, e outras estranhamente em pé. Segundo ele (o carinha do programa) essa loucura retratava a felicidade que o Van Gogh sentia pela visita do amigo.

No final das contas, o amigo não ficou morando por aquelas redondezas voltando para Paris, o que deixou o Van Gogh triste... Tanto que foi por causa dessa recusa do amigo que ele fica desvairado e arranca um teco da orelha (nesse momento tenho uma impressão de que há divesas versões para isso, será?)

Algum tempo depois, o Vincent se interna em um sanatório, e não para de pintar. Pinta quase que compulsivamente. Essa é a fase de sua obra que mais gosto. A fase sombria e angustiada. Talvez eu seja mais de cores frias que de cores quentes, mas o fato é que essa é a fase que eu mais gosto.

Vou parando por aqui, mas cada quadro desse pintor fenomenal valeria não só uma sexta linda, como um livro inteiro!

Abaixo, o link para a citação da wikipedia, e o link para a programação da TV Escola, onde eu assisti o programinha, um epsódio de Os Impressionistas.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Doze_Girass%C3%B3is_numa_Jarra
http://portal.mec.gov.br/seed/index.php?option=content&task=view&id=223&Itemid=3661


6 comentários:

  1. Ah, adoro Van Gogh! Ele é todo malucão! E é isso que gosto, rs... Os quadros dele parecem expressar mil e uma idéias ao mesmo tempo, excelentes.

    E bom, eu adoro pintores né, rs,rs...


    Bjão lindona, adorei a sexta!


    FUIZ...

    ResponderExcluir
  2. eu tb gosto muito do van gogh. quando morava no brasil, uma das minhas grandes emocoes foi ver alguns quadros dele no MASP (acho que sao 2) e depois, quando vim morar no exterior, tive a oportunidade de visitar o museu van gogh...que e simplesmente...show! bjos e boa sexta.

    ResponderExcluir
  3. AMEI essa sexta linda! :)

    Beijos e bom fim de semana. Neblina

    ResponderExcluir
  4. Cheguei aqui no dia certo!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. O que eu fico mais P** da vida é o cara só ter sido reconhecido depois de morto, e ter vivido uma vida miserável as custas do irmão que o sustentava, e de só ter vendido um quadro, pra esse mesmo irmão. Não deixou nem filhos( até onde eu saiba) que pudesse ter aproveitado toda essa dinheirama que os quadros dele renderam! Snif! Foram poucos os que desfrutaram a riqueza que produziram em vida. bom final de semana..adoro as sextas lindas

    ResponderExcluir
  6. Acho que só por ser doido eu já iria gostar dele (gosto de gente doida). Agora, sendo genial então, adoro! Bjs e ótimo final de semana. Zá.

    ResponderExcluir