Quarta de cinzas

Nenhuma novidade no ar. Eu estou denovo com aquele costume de esquecer de me pesar pela manhã e de desistir do dia logo depois do café da manhã. Mas também, é feriado.

No trampo está uma calamidade. Meu coleguinha fica me pressionando pra pressionar o chefe pra dar uma resposta. E o que ele fala não é lá tão bom. Ele disse que está pensando em X, mas o nosso chefe de RH quer X-5, e a gente acha que deveríamos ganhar X+5. Eu nem sei direito quanto que é X já que é em dolar e no ano. Assim, pra converter em reais e fazer a conta pra quanto vai dar o salário mensal não acho que seja assim tão trivial, principalmente pra um valor que eu não sei direito =D

Na busca pelo muquifo-próprio (já que as taxas de juros ainda estão muito baixas, ainda não descartamos totalmente essa questão de pegar um imóvelzinho, mas com o $$ que temos não dá pra pegar o apartamento que eu gostaria (começando com 180 mil) então estamos vendo o muquifo-próprio (100 mil, com boa parte financiado)) está tudo meio parado. As vezes me animo. Outras vezes penso que se é pra pegar num predinho mequetrrefe melhor nem pegar.... Ah, estou meio cheia

Minha irmã mais nova resolveu que vai casar. E resolveu que vai fazer toda aquela lenga-lenga de festa, vestido, padrinhos. Se eu pegasse o muquifo-próprio, eu ia juntar meus trapos com os do Lindinho. Mas sinceramente, eu prefiro fugir! Não tem nada a ver ficar lá na frente prometendo pra todo mundo que eu tenho certeza de que o Lindinho é o marido pra mim até que a morte nos separe! Alguém que não seja idiota tem essa certeza? Eu tenho certeza que ele é  a melhor opção pra mim agora! Mas eu não sei oq ue vai ser de mim daqui a 10 anos!

Pois bem, fico tentando achar uma forma de não fugir e não fazer festa, que posso agradar pelo menos às pessoas que estão mais próximas de mim. Mas parece que minha mãe não está satisfeita com nada. E tem minhas amigas que vão vir de longe (e eu não vou servir nada??????? já me chamam de mão de vaca!) E tem minha irmã mais velha que tem tendências eventísticas e adora uma oportunidade de bolar alguma coisa.

E no meio de tudo, tem eu, que não quer se fantasiar de noiva, nem quer ficar fazendo cara de felicidade enquanto rola uma festa porque eu queria mesmo era pirulitar pra minha lua-de-mel-viagem com meu lindinho, e sabendo que ele também tá de saco cheio de sorrir (porque ele é um brucutu! Super simpático mas no fundo um brucutu com tendências assassinas quando as pessoas começam a conversar e a beber! Super divertido ficar do lado dele obecervando so tiozinhos tri-lili trançado as pernas hehehe)

Ah! Mas a novidade positiva (vejam que uma pessoa sem ter direito o que fazer fica filosofando consigo mesma!) é que passei alguns dias do carnaval vendo sky, salto, tombo, e principalmente, as provas de patinação artística! Tão lindo ^.^ E tão fresquinho comparado com o carnaval da Bahia.

Ah! Só pra não esquecer. A culpa por não estar fazendo mestrado e sim estar assistindo competição nada-a-ver só faz com que o prazer em assistir uma arte tão linda seja diminuida. Ô droga essa merda de mestrado que não termina nunca! Eu preciso escrever um livro, decorar meu muquifo próprio, cozinhar um milhão de receitas e costurar outro milhão de bolsinhas lindas..........

Comentários

  1. Eu também ando na busca pelo "muquifo-próprio". E é desgastante. A ponto de, por hora eu preferir ir pagando meu aluguelzinho, que não está tão caro a sair bater perna por aí.

    Como meu cunhado tem uma imobiliária, e meu sogro trabalha na parte de finaniamento pela Caixa, deixo pra ele me avisar de alguma possível barbada, rs...

    Com relação a casamento tem muitas coisas entre prós e contras. O gastacéu desvairado, sem dúvida é um big contra. Penso no que eu poderia ter feito/viajado/comprado com esses quase 6 mil que gastei. Fizemos casamentinho muito mais pelos nossos pais. Digo a festa. Porque o casamrnto em si, no papel, na minha visão é tão básico que entre fazer e não fazer, um ou outro dá na mesma. Mas eu sou certinha e adorei fazer, rs... Tem um estressezinho básico antes do casamento, não tem como fugir. Mas sem essa de que noivos não se divertem em festa de casamento! Eu achava que seria assim e nem foi. Sim, dói o rosto de sorrir, mas o sorriso é até espontâneo! Dói pela quantidade e falta de costume, rs... E maridão aqui tbm odeia fazer gracinha em festa e tirar foto. Mas no dia ele estava tão amado, tirou foto sem reclamar, se divertiu muito.

    Acho que vale a pena. E sim, entrar de noiva na igreja dá AQUELA emoção. Não pensei que seria assim. Mas foi.

    O negócio é fazer uma festa do teu jeito, com oisas que você goste, para tornar ela divertida TAMBÉM para vocês. Afinal de contas, poxa, é a festa de vocês também.

    Bom, mas isso é muito mais uma questão pessoal de gosto e disposição. Achei que iria me arrepender. Mas até que não. Pensar no dinheiro sempre dá nos nervos. Mas não pensar torna tudo mais fácil, rs...


    Beijo queridona!

    ResponderExcluir
  2. Oi Gô. Vamos por partes. Eu tbem casei direitinho. Nao, virgem nao, mas casei de noiva ! Eu odeio igrejas e meu marido tbem, optamos por um juiz de paz. Foi num salão de festas. Tudo perfeito. A "benção" demorou 10 minutos e estavamos casados. Foi um jantar com massas... familia toda unida, eu já tinha 30 anos (fazia 1 mes que tinha completado), foi tudo muito alegre, cheio de amor pra dar. Eu nao tive stress nem antes nem depois. Nao fiquei nervosa. Eu sabia que era o que eu queria fazer.
    Qto ao muquifo proprio... eu só consegui depois de 1 ano, tbem financiado pela Caixa. É um apto de 60 metros quadrados mas que pra mim era um mega apto. Tenho ele até hoje lá em SP...
    Torço por vc, faça do seu jeito. Afinal vc é a noiva. E Lindinho vai no embalo...

    ResponderExcluir
  3. Oi, GÔ!
    E eu tenho a filha que completa 15 anos em outubro. E sempre tem um pra perguntar: não vai ter festa? Na verdade ela até queria, mas na minha humilde opinião acho que mais porque todas as outras gurias fazem, do que por vontade própria. E eu, como sou um ser que gosto de fazer tudo ao contrário ( porque não sou "Maria vai com as outras") tô tentando mostrar pra ela que tem coisas muito mais interessantes pra descobrir do que ficar dando festa pros parentes.
    Beijão!

    ResponderExcluir

Postar um comentário