6/11/2010

Doces, frustracoes e ansiedades.

(cuidado, postagem enorme! Se tiver preguiça comente só: É isso aí Gô! Força, você vai conseguir! Pode até copiar e colar =P)
 
Eu tenho percebido, com muito medo, que cai novamente na "roda da vida rumo a obesidade".
 
Isso quer dizer que como sem controle, como muito, como doce. Basicamente eu como.
 
As principais causas de tudo isso, acho, são as naturais fontes de ansiedade. Vou listar algumas aqui:
 
  • Frustração matinal de ter que acordar
  • Frustração no trabalho, por ter que trabalhar
  • Frustração artística, por não ter tempo de fazer artesanato
  • Ansiedade para resolver as coisas do casamento, me livrar logo disso, e poder aproveitar o suvaco quente do meu namorado
  • Ansiedade natural proveniente de frustração
Notem que, o mestrado nem passa mais pela minha cabeça! Hehehehe. E hoje, sendo sexta, só consigo pensar em quão duro foi sair da cama quentinha e trocar de roupa. Também me frustro um pouco por ter um pijama tão gelado, sabe! É duro a pessoa confiar no pijama e ele não corresponder. =(
 
O mestrado é o seguinte: tenho que começar a (BOSTA) introdução. Que é simplesmente a parte que eu mais ODEIO (com todo o ódio do mundo concentrado em um grão de areia, isso siginifica a maior concentração de ódio da face da terra)
 
Mas, deixei essa semana para me dedicar a "arte do convite", que ficou ótimo! Hoje acho que já consigo fazer o piloto da versão 2.0. Já imprimi a versão beta, em piloto, e até mesmo essa versão ficou ótima.
 
O piloto 2.0 deve somente validar o procedimento, e dar início a linha de montagem.
 
Portanto, mestrado é futuro, atualmente.
 
As coisas do casamento:
  • foto - OK
  • cabelo - OK
  • flor do cabelo - NOP
  • noivinho - NOP
  • festa - OK (tudo OK, só falta eu fazer/ imprimir o cardápio)
  • vestido - OK
  • sandália - NOP (adiado devido ao inverno cheio de botas)
  • floricultura - OK (só tenho que lembrar de pagar)
  • roupa do noivo - OK (tarefa delegada)
  • DJ - OK (tarefa delegada)
  • lua de mel - OK (A COISA MAIS AGUARDADA DESSE CASAMENTO)
  • cartório - OK (aguardando)
  • padre - OK (aguardando)
  • lista de convidados - OK (estou na marca de 160 convidados)
  • noivo - OK (quentinho, cheiroso, gostoso e macio! Todo pra mim)
Ou seja, o que não está pronto, está encaminhado. Não há motivo para preocupação, tudo esquematizado e coordenado!
 
E, já que assumi a festa, isso já não é mais motivo de descontrole pscicológico! (quarta eu fui fechar o contrato acompanhada de minha mãe. Vocês precisam ver que felicidade a dela! Deixa a vida me levar, vida leva eu! Mas, na terça e na quarta eu estava pipocando de ansiedade! Comi tudo que vi pela frente! Tudo porque estavam em contrariando com a coisa da festa..... Bah, passou, deixa quieto. Vamos focar no futuro.
 
Que mais?
 
Vim pensando pro trampo hoje (entre uma lufada de vento descabelante e outra) que preciso fazer alguma coisa por mim! Se eu continuar louca desse jeito, não vou caber no vestido que já contratei! Então simplesmente estou impedida de engordar. Oras!
 
Então, vou tentar contornar a ansiedade (afinal, eu não consigo não a ter) com coisas que não sejam comida.
 
Pensei no seguinte:
 
Ansiedade matinal:
  • No café da manhã, ainda estou muito mau humorada e chata, e perversa e com frio para pensar direito! (e tenho que guardar um soninho pro busão). Então a chave é:
  • Me obrigar a comer somente o estipulado! Sem modificações. Sem choro. Sem reclamação! Vai colocar uma blusa e para de me encher o saco! (eu falando com minha eu interior mimada)
Ansiedade devido a frustração no trabalho:
 
  • O ar condicionado aqui é igual o frigorífico do açougue. Estou vendo o dia que virei trabalhar de roupa de alumínio. Mas isso não é motivo de ódio (é sim, mas deixa pra lá, vamos engolir). A solução é caprixar no agasalho.
  • Pra esquentar o estômago, a melhor alternativa EFETIVAMENTE é tomar chá! E chá cabe com adoçante! Ou seja: Caprixar no chá!
  • Para aquela hora do saco cheio: Vamos trabalhar na lista de SR. É um saco, é um porre, é o cão chupando manga mas é meu trabalho. Então: Caprixar no foco!
Ansiedade relacionada com o casamento:
 
  • Aqui o bixo pega, porque relaciona minha mãe e minha irmã dando palpite e me deixando nervosa. Vamos focar no objetivo!
  • Para momentos em que tudo mais parece dar errado: Foco na construção dos noivinhos!
  • Para momentos em que a merda está sendo espalhada pelo ventilador: NOVELA ou LIVRO ou melhro ainda: MESTRADO
  • Para ansiedade que te deixa ligadona: caminhada
  • Para aquele chamego gostoso, aquele do "eu mereço": banho quentinho e cheiroso. Com um sabonete especial e pijama caprichado (tirei o creme hidratante porque dá frio)
 
Ai. É isso. Quem sabe, né?

5 comentários:

  1. Caracas !!!era post grande mesmo...
    Bem, ser noiva, estar noiva nao é facil. nao é facil pra ninguem. Eu tbem fiquei cheia de neuras mas passa viu ? relaxa, acalme-se, faça meditação, vá fazer yoga, qq coisa, mas relaxa !!! tudo passa e lembre-se que vc vai casar daqui uns meses e tudo vai melhorar.
    Viu ???

    aquela foto de camiseta roxa é antiga ?? pq nao achei tu nada gordinha... tu exagerou heim ???

    ResponderExcluir
  2. Não é fácil acalmar a ansiedade mesmo... Ainda mais com esse turbilhão de coisas que você tem que resolver.
    Mas uma boa dica é a ioga, eu melhorei bastante depois que comecei...
    Grande Beijo e bom fim de Semana!

    ResponderExcluir
  3. Não é fácil acalmar a ansiedade mesmo... Ainda mais com esse turbilhão de coisas que você tem que resolver.
    Mas uma boa dica é a ioga, eu melhorei bastante depois que comecei...
    Grande Beijo e bom fim de Semana!

    ResponderExcluir
  4. Meu bem.

    Eu cá, já casei, etc e talz. Mas ainda tenho bem recente tudo isso. É sim um saco e a gente muitas vezes acha que não vai dar conta.

    Mas damos sim.

    Enfim, só pensa agora em respirar fundo, e esperar o grande dia.


    Beijos meu bem!

    ResponderExcluir
  5. Tb descontrolei e olha que meu casamento foi há 8 anos...
    Ja to nervosa só de ler o seu ´post, os palpites me fizeram emitir um grito para suas mãe e irmã...
    Só o suvaco quente nos salvará!

    ResponderExcluir