1/10/2011

A determinação que todo mundo precisa (e quer)

Emprestei da Kel do Voltando a ser magra

Aprenda os três passos para ativar a sua determinação de uma vez por todas:

Passo 1 - aprenda a respeitar o tempo. Querer tudo agora, neste exato instante, impede o amadurecimento da noção de processo, de evolução. Atingir qualquer objetivo requer planejamento, cumprimento de etapas, avaliação do que foi realizado, reflexão e retomada. Vá com calma e estabeleça metas passo a passo, pois é impossível chegar ao final do percurso sem percorrer antes o caminho todo.

Passo 2 - substitua sacrifício por prazer. Só de falar em força de vontade, já dá a idéia de que o projeto é muito difícil de ser levado adiante. Troque o termo força de vontade por boa vontade - simplesmente você a favor do seu desejo. No lugar de lembrar do esforço de ter de passar.

Passo 3 - celebre as pequenas conquistas!!!

Ou seja, as coisas não acontecem quando a gente quer, mas no tempo delas! A gente tem que aprecisar o caminho, mais do que a chegada. E por fim, toda caminhada começa com o primeiro passo (portanto, celebre-o)

Os meus pensamentos têm convergido cada vez mais para a conscientização de que algo tem que ser feito (mais especificamente com meu peso), mas eu ainda não entendi direito como, e qual métrica.

Não quero (definitivamente) voltar a anotar o que como, é efetivo, mas não agrega qualidade de vida... Só me faz ficar enjoada de anotar e largar mão rápido.

Também não acredito que o peso seja tão importante, afinal, um copo de água são 300 grama a mais no peso corpóreo.

Quero sim comer de tudo. Primeiro porque adoro cozinhar (principalmente doces, e quando eu cozinho, acabo comendo menos! pode?) Segundo porque a vida é agora, e eu quero sim participar (nem que seja um pouquinho) dessa vida.

Vou pesquisar a respeito da circunferência abdominal como métrica de desempenho da obtenção da saúde (afinal, é principalmente isso que eu quero).

E a fita métrica não tem variação, como acontece quando se troca de balança (ou fica frio como minha balança).

10/01/2011 = 98,5 cm (quando o ideal é ficar abaixo de 88 na mulher)

Vamos ver como esse valor muda ao longo do mês (naturalmente)

5 comentários:

  1. Olá...adorei as 3 dicas.
    Demorei para assimilar que o mais importante não é o peso...mas estou conseguindo devagar valorizar mais a minha saúde.
    Força q tenho certeza q vc vai mudar essas medidas.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Também não gosto de anotar tudo o que como...
    Como vc mesma disse, é efetivo. Mas tb me deixa enjoada!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Dicas importantissimas...tento ler o que posso para ensinar a minha mente gorda a viver mais saudável.

    Gostei do blog...estou seguindo.

    Beijos da Kekel

    www.quemmoradentrodemim.blogspot.com
    www.aspalavrasquemedefinem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. vai dar tudo certo , vc vai ver!!!

    ResponderExcluir
  5. Mas, que blog bonitinho!! Sempre te leio pelo Reader então não sabia que já tinha mudado. Ficou show.

    Também tô nessa de me reposicionar com relação ao peso, mas sem perder de vista a qualidade de vida nesse período que eu já me conscientizei que será mais restritivo. E tb nem me imagino mais naquela neura de pesar os alimentos, contar os grãos e as calorias prá emagrecer.

    A grosso modo, bai ser "o que Deus quiser" e eu aguentar fazer.
    Boa sorte prá nós.
    Bjs.

    ResponderExcluir