Fatias Hungaras (caracois hungaros)

No meu tempo, isso quer dizer, quando eu ainda era uma criancinha, minha mãe já tinha um livro união e já fazia essa receita. Naquele tempo, chamava espirais união. Porque será que eles foram pra Hungria eu não sei!

Fiz essa receita com uma das primeiras do livro. Só porque era os espirais união que eu tanto amava quando era criança! Comi direto na assadeira, assim como quando eu era criança! Tudo lindo e brilhante, uma verdadeira miss-sunshine, plim-plim.



Usei o meu fermento biológico seco, e não o fresco, como pede na receita. Fui até o site da fleshman (marca do meu fermento) e lá aprendi qual é a proporção. Daí, em vez de fazer como mostra na receita (misturar tudo) eu "batizei" meu fermento errado como mandava no site da fleshman, ou seja, amornei um pouquinho do leite da receita, separei 2 colheres de sopa do fermento seco, misturei e deixei lá descançando até começar a borbulhar, sair fumaça e ficar verde. Bom, só incha um pouco e talz, aquela coisa que você já sabe (se não sabe, email-me).




Ah! E sovei a massa direitinho! Porque mulher de verdade sova (ou soca) a massa no muque! E abaixa a orelha quando a mãe dá a idéia de que podia ter usado a máquina de pão pra sovar a massa (aiai - a sabedoria dos mais velhos ehheheeh)

Sem mais, porque o amor não pode esperar!

Ingredientes

  • massa
    • 3 colheres de sopa de açúcar (60g)
    • 2 tabletes de fermento biológico fresco (30g)
    • 5 gemas (cerca de 100g)
    • 7 xícaras de chá de farinha de trigo (770g)
    • 1 colher de chá de sal (4g)
    • 2 xícaras de chá de leite (400ml)
  • recheio e cobertura
    • 4 xícaras de chá de açúcar
    • 100g de manteiga derretida
    • 2 pacotes de coco seco ralado (200g)
    • 3/4 de xícara de chá de leite (150ml)
Modo de fazer
  1. Massa: Misture os ingredientes seguindo a ordem indicada. Sove bem e deixe em repouso por 15 minutos.
  2. Divida a massa em 4 partes iguais e abra com o rolo, formando retângulos com espessura de 0,5cm. Espalhe o recheio e enrole cada retângulo como rocambole. COrte em fatias de 3cm de largura e coloque-as deitadas sobre a assadeira untada, deixando 2cm de espaço entre elas.
  3. Reserve até dobrarem de volume e asse no forno pre-aquecido até dourarem.
  4. Depois de prontas, cubra as fatias com o glacê e volte ao forno, já desligado, somente para secar.
  5. Recheio: Misture 1 xícara bem cheia do açúcar com a manteiga derretida e o coco, até obter um creme. Utilize.
  6. Cobertura: Misture o açúcar restante com o leite até obter uma pasta grossa e passe sobre as fatias assadas e ainda quentes.
Fonte: Arismar Lara - Araraquara/SP
Temperatura e tempo de forno: 180 C cerca de 30 minutos
Rendimento: 32 unidades

Comentários

  1. Olá, acabei de conhecer o seu cantinho e achei ele muito bonitinho !!! Ficaram lindas as suas espirais união, fatias hungaras ouuuuuu brioches. Pois é eu tbm faço essa receita mais eu chamo de brioche. Tenho certeza de daqui a pouco aparece mais alguém dando mais algum nome diferente... rsrsrs... Mas o mais importante é que ficou muito lindo e o melhor é que deve ter ficado uma delícia !!!
    Vai me visitar lá meu cantinho
    bjus
    eu-posso-ser-magra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Gô! Dei uma sumida, mas não esqueci da sua foto não! Acho que não deve adiantar mais nessa altura do campeonato, rs, mas enfim, a enviarei de qualquer jeito. Queria bater na minha máquina, mas ela está emprestada com minha irmã que ganhou bebê, então... vou arriscar com o cel, ok? bjs

    ResponderExcluir
  3. Nossa minha cunhada e sogra fazem essas maravilhas,rsrs elas chamam de pãozinho hungaro, elas molham depois com leite e açucar fica o máximo eu comia muitos antes de operar agora como só um e se for pequeno kkkk
    amo partir eles no meio e passar manteiga...
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Pois é menina, faltam 8meses e ja estou assim imagine quando faltar 3 kkkk, mas é tudo muito bom né essa fase é melhor!
    sigo seu blog e gosssstooo muito viu!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Ah, guria, que delícia, hahahahaha! Já anotei a receita, qualquer hora faço!

    E aquele trequinho japonês me enganou direitinho! Como japa é um bicho meio estranho, nem duvidei que fosse de comer, hahahaha!

    E meu, vc leu A Droga da Obediência? Li ele e os demais dos "Karas", A droga do amor, etc...

    Lembro de escrever em código com as amigas usando o código deles (TENIS - POLAR) e as substituições de vogais, hahahahaha!


    Beeeeijos!

    ResponderExcluir
  6. Gô, desculpa, mas não li o post todo e passei correndo por aqui, simplesmente porque eu AMO esse negócio aí da foto e não posso nem ver na minha frente senão morro de lombrigaaaaaaaaaaaa. Fia de Deus, esse trem aí é bão dimais da conta. Beijo e o próximo post eu leio com mais calma, porque desse eu tenho que correr, hahahah, Bjo!!!! Cris

    ResponderExcluir
  7. Nossa, mulher! Vc tá arrasando no forno e fogão, hein? Eu estou no extremo oposto, com preguiça de fazer qualquer coisa mais complicada do que ovos mexidos, rsrsrs.
    Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Queimadura de limão

Doce de goiaba caseiro

Lava-Louça Enxuta Automática