Metas e hábitos

Gente, como eu estou cansada.

A obra em si, acaba com o vigor mental que eu não tenho. Apesar de eu não precisar lidar diretamente com pedreiro (meu pai tem esse papel), tenho que decidir tudo o que é de "mulherzinha". Além do piso, têm as tomadas, o armário da cozinha (cadê os marceneiros?), e só. Além de ter que digerir coisas como o muro de arrimo de isopor. Até que estou bem.

O mestrado é um vampiro. Me suga todas as forças (sempre foi assim), e me deixa culpada porque estou vendo ou escolhendo piso enquanto deveria estar fazendo mestrado. E me deixa culpada porque estou fazendo mestrado durante (e junto) com o trabalho. Fico com medo de "ser descoberta" e ter que sair daqui chutada.

Mas, tenho um plano até agosto que pretendo seguir. Um plano matador para finalizar de uma vez por todas (quantas vezes na vida preciso dizer isso?) com o mestrado. Agosto vence minha matricula e NÃO VOU FAZER RE-RE-MATRICULA. Isso é uma decisão. Isso é FATO. Não vou fazer minha re-re-matrícula, preciso defender até agosto.

Para isso, tenho até o carnaval para coletar todos os resultados. Depois do carnaval, me dedico unicamente à tese. Tendo 3 meses para escrevê-la e revisá-la (já contei como eu odeio revisar texto?). Então tenho mais um mês para fazer e estudar a apresentação. E então, um abraço! Eu vou pra galera.

Hoje vou ter mais uma reunião com a orientadora, e vou contar isso pra ela. Estou com medo, já deveria ter dito isso e já não tive coragem, mas a minha defesa é tão bom pra mim quanto pra ela.

Torcendo totalmente o assunto, desde o primeiro dia útil do ano tenho me forçado em um "procedimento" para que ele vire hábito. Comprei um sabonete líquido, trouxe protetor solar (FPS15) e deixei no escritório (obrigado, senhor, pela minha gaveta). Chego de manhã, lavo o rosto e passo protetor. Chego do almoço, escovo os dentes, lavo o rosto e passo protetor.

Com duas semanas eu já tinha notado diferença na textura da minha pele. Hoje, depois de mais de 30 dias, já acredito ter criado um hábito (de final de semana, sinto falta do "procedimento").

Uma das minhas metas para o ano de 2011 era criar hábitos mais saudáveis, um por mês, bem devagar, para que eles se enraizem. O hábito que escolhi (ontem) para fevereiro é o hábito de não reclamar.

É muito mais difícil, já que não é mensurável, e há uma linha tênue entre falar sobre coisas não tão boas que acontecem e reclamar, e eu nem sempre sei diferenciar, mas acho que posso me acostumar a falar mais coisas positivas.

Também tenho tentado (desde o começo do ano) a falar mais baixo. Na realidade, quero ser mais elegante. Só mais um pouquinho. E para isso preciso se mais doce e mais firme. Bom, é o caminho, né?

Além disso tudo, tenho uma lista de umas 5 receitas (com fotos) que queria publicar, mas as prioridades não me permitiram até agora. Também por tudo estar realmente trabalhando muito, não tenho dado atenção que gostaria para esse meu blog querido (e minhas comentadoras). Eu sinto, mas a realidade é que as prioridades são sempre as prioridades! (Dormir tem sido mais prioritário do que brincar de blog)


Comentários

  1. Nem me fale em obra. Tô numa tb.
    Um hábito bom por mês....muito legal a idéia.
    Mas a que mais gostei foi a de não reclamar.
    Pra, muito difícil, mas estou pensando em implementar.
    :)
    Boa sorte!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gô!! Ai, amiga, sei bem o que é reforma, com a diferença que eu tive que lidar com pedreiros, pintores e o homem idiota do gesso que não fez nada como eu queria. Um dos poucos arrependimentos da minha vida foi aceitar a sugestão da arquiteta de colocar pisos brancos nos banheiros e na cozinha. Na cozinha até que não é tão ruim, mas nos banheiros... Um horror a quantidade de cabelo que cai da nossa cabeça, hahaha. Eu teria ficado feliz com um beginho ou algo que escondesse um pouco mais a sujeirada. De resto, tb acho que prioridade é prioridade e que dormir é a maior de todas, hahaha. Beijão e boa quinta!!! Cris

    ResponderExcluir
  3. Oi, GÔ!
    Se Deus quiser este ano tu dá um jeito no mestrado! Aí vai ter mais tempo pra ti, vai estar na casa nova...hummm, que delícia! Quero só ver o que tu vais aprontar, hehe!
    Gostei das tuas metas. Eu quero ver se dou um final feliz pra minha novela do peso. Bah, essa história já encheu o saco, sabe, mas eu deixo muito a desejar! Semana que vem estarei de férias, então minha meta é voltar pelo menos com o mesmo peso. Vou me esforçar pra ser racional.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. um turbilhão; obra, trabalho, familia, mestrado... acaba com a gente mesmo.. mas força que logo acaba..
    e qto aos bons habitos.. parar de reclamar pra mim é uma tarefa praticamente absurda. sempre gosto de dar uma reclamadinha...rs
    bjs bjs bjs e fike com Deus

    ResponderExcluir
  5. Não é moleza esse tanto de tarefas não; O simples fato de escolhar pisos e afins cansa mentalmente. Estou de férias, mas ainda não posso dizer que consegui descansar o "mentalmente", isso demora. Bom, com relação ao mestrado é bom um "ou vai ou racha", fiz assim com o meu, ou nunca terminaria. Minha sorte é não ter essa coisa de rematrícula e talz, tudo tinha praz, ao menos me obigou a fazer no tempo. E aposto que em agosto vamos dizer que "enfim saiu o metrado" e muito melhor que o tiramisu!


    Beijos querida!


    FUIZ...

    ResponderExcluir
  6. Amiguinha, os meus banheiros imploram por uma reforma há séculos, ainda são os originais da construção do prédio, há nada mais, nada menos, que 38 anos! kkkk
    Agora, estou mais focada em pelo menos ajeitar as coisas e começar a planejar a reforma, nem que demore, mas vai sair. O ideal seria reformar tudo, mas como não é possível, vou ver se pelo menos os banheiros eu faço este ano.
    Isso de estar envolvidas em várias coisas, todas importantes, acontece mesmo e a gente fica muito dividida, é normal. Mas, você dará conta. Bacana a decisão de defender até agosto, para concluir esta importante etapa e ficar mais tranquila.
    Tiramisu eu não gosto, porque não suporto café, nem chocolate, então não rola. Vários amigos adoram e eu brinco com eles, dizendo que estão comendo um "tira-me isso" hahaha
    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Gô, vc está mais do que certa! Sem metas e sem hábitos, não vamos pra frente! Este ano tb decidi que vou adotar hábitos mais saudáveis, e q tb vou cuidar melhor de mim, mas como vc disse, tem q ser pouco a pouco, uma coisa de cada vez, q é pra se acostumar. Já tô quase completando um mês de rotina de limpeza de pele, e o que era chato no início tá virando necessidade, haha. Tb tenho me "maquiado mais" Por maquiar entenda-se: blush todos os dias, batom/gloss, e um rímel de vez em quando; pó qndo tô muuuito inspirada. Pra quem só usava gloss, né... agora preciso dormir mais cedo, mas isso aí tá difícil! Enfim, são pequenas coisas q fazem um bem enorme!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Gô! Tenho lido seu blog desde que comecei a reeducação alimentar, há 12 dias. Acho que li todos os textos do início e muitos outros mais recentes. Sua experiência com a RA tem sido importante pras minhas escolhas nesse tempo e têm sido dias tão intensos de descobertas e escolhas, que nem me parecem tão recentes... Resolvi fazer um blog e quero muito a sua companhia quando possível! Fiz um primeiro texto e será bom demais da conta se vc ler!
    Beijo grande de agradecimento! =)

    ResponderExcluir
  9. Obra é mesmo um tormento, mas ver os resultados é tão bom... principalmente qnd tudo sai como vc queria.

    Beijocas e boa sorte com os novos hábitos.

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Estou de volta, com saudades e procurando as amigas de luta. Sou a Crista do Energia Positiva, tá lembrada????


    Obras tb. eu (risos)!!!!
    Beijos grandes Portugueses.

    ResponderExcluir

Postar um comentário