conjunto desfeito

Sabe aqueles 3 minutos antes de sair pro trabalho? Que é muito pra esperar na rodoviária, mas é pouco pra fazer qualquer coisa que preste?

Hoje resolvi lavar uma parcela da louça que estava na pia. Só para amenizar para quando eu chegasse em casa. Um copo, uma caneca, alguns talheres. Louça de uma janta de pão com mortadela.

Lavei o copo e o coloquei no escorredor.

Mas o escorregor não gostou! Jogou o copo fora, que deu uma piroleta, bateu no fogão, deu um duplo tuisti carpado e se desfez em pedacinhos no chão.

Não sei se foi assim, exatamente, na hora estava entretida lavando uma xícara. Foi o que os garfos falaram.

Meu primeiro pensamento foi: Ainda bem que não é meu porcelanato. Depois eu me lembrei, aquele não era um copo de requeijão.

Era o copo da dona élide. Que ganhei de presente num kit no meu casamento. O kit que tem uma jarra combinando.

Eu lavo aquela jarra como se ela fosse de cristal! E tratava os copos super bem também! São copos bonitos, mais altos e mais finos que os de requeijão, e retos. Têm um trabalhinho meio breguinha, mas é lindo!

Eram 4 copos e uma jarra.

Agora são 3 copos e uma jarra.

Daí eu me lembrei porque minha mãe ainda tem aquela sopeira branca com flores laranjas que ela ganhou no casamento.

Mas, eu também pensei. Meu "copo da dona elide" já tinha visto muita coca, muito suco de caixinha, muito leite, e muito suco de morango! Ele morreu em compate, como um bom soldado deve fazer, sempre!

Me doeu um tiquinho, mas eu estou trabalhando o desapedo....

Comentários

  1. Tá vendo.. por isso nunca casei.. só juntei trapos e pronto.. assim não tenho perdas heheheh

    Tava com saudade do teu cantinho! To de volta

    Bjka e ótimo finde!

    ResponderExcluir
  2. Eu deixei de ficar muito triste quando certas coisas quebram sabe? Antes eu ficava magoadinha, porque havia o valor sentimental (sempre este, pois não me apego pelo material). Mas aí, fui deixando isso de lado. O que eu quebro de copo, de xícara etc. não é brincadeira. Hoje em dia só tomo cuidado absurdo com o jogo de jantar que herdei da mamãe, meu pai deu a ela quando eu tinha uns 6 anos, eu tenho 54, saca? hahahah
    Então, só uso no Natal e em ocasiões especiais, lembrando que mamãe também cuidava dele, dizendo: Quem deu este, não dá outro (porque papai já tinha falecido há anos).
    Então, o apelido do jogo de jantar é 'jogo quem deu esse não dá outro'.
    kkkkkkk
    Beijos amore!

    ResponderExcluir
  3. Já fiz iso com um xícara do meu aparelho de jantar de porcelana predileto (ganhei 3 de casamento). Dói no coração viu, rs...

    Bjom!

    ResponderExcluir
  4. Ai, fico pensando nos meus presentes de casamento que ganharei, sim me caso esse ano,ai meu Deus eu me apego muito as coisas que f]ganho,rs
    bjs

    ResponderExcluir
  5. As coisas foram feitas para se usarem certo? Isso é o que interessa.

    Pelo menos quem te deu a prenda pode ficar descansado que não ficou guardada no fundo de um armário :)

    Bj

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Queimadura de limão

Doce de goiaba caseiro

Lava-Louça Enxuta Automática