Pão encaracolado de canela

Então, tudo começou com o joguinho Baking life (penso agora se deveria ter deixado o Lindinho jogar esse joguinho), lá (além do Tiramisu) tinha o cinnamon roll. Ou seja, rolinho de canela.



Eu lá sabia o que é esse treco de rolinho de canela? Na minha terra só tinha espirais união e pão doce de padaria...

Bom, pesquisando por aí, descobri que tem o cinnamon roll (rolinho de canela) e o cinnamon swirl bread (pão encaracolado de canela). As fotos são deliciosas, de ambos, mas do pão encaracolado me encantaram pela simplicidade! Ô coisinha fofa da mamãe! O pão fica lá, como um pão, mas o encaracoladinho fica la no meio, só fizendo assim: sô gostoso!

Bom, lógico que chega uma hora que a vontade aperta e a gente arreia. Escolhi uma receita desse pãozinho, anotei (a mão, numa folha de caderno, eu sou muito tradicionalista!) e fui pra casa. Depois de quebrar a minha cabeça  tentando adivinhar qual xícara usar para medir os 490 gramas de trigo subi nas tamancas, desceu o santo e desisti de tudo!

Peguei a minha massa branca básica da minha linda Maquina de Pão e meti ferro!

Depois da máquina fazer todo o "trabalho sujo" (enquanto eu dormia ou jogava Donkey Kong, não me lembro) eu fui lá, dividi em 3 partes, abri com o rolo, espalhei canela e açúcar na massa, enrolei feito rocambole e joguei numa assadeira untada (não joguei, porque costumo ser gentil com paezinhos).

Deixei crescer mais uma hora num lugar quentinho.  Ou seja, mais uma hora pra você fazer o que você quiser!

Aí, pode assar do seu jeito (o meu jeito é ligar o forno no 180 graus e deixar lá até eu achar que está bom, pra 600gr de massa, costuma ser quase uma hora)

A receita que eu usei:

* 1 copo de leite + 1 ovo
* 4 colheres de sopa de leite em pó
* 2 colheres de sopa de margarina
* 2 colheres de sopa + 1 colher de chá de açúcar
* 1,5 colher de chá de sal
* 3 copos de farinha de trigo
* 2 colheres de fermento biológico seco



Eu coloco nessa ordem, só quando tenho vontade =P Descobri que a máquina dá conta se vc colocar o seco em baixo e o molhado em cima. Mas, vale lembrar que pra programar pra depois, tem que ter cuidado com o fermento.

Essa massa dá 600 gramas de pão, eu fiz 3 pãezinhos, dois de canela e um de gengibre em pó. Assim, imagino que possa ser feito com qualquer pozinho saboroso, como chocolate, cravo em pó, curry, ou sei lá o que.

Meu pãozinho ficou lindo e com um encaracolado super!

Comentários

  1. Oii, acabei de dar muita risada ocm seu post da tpm! hahahahah
    Seus pães ficaram lindos.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Gordinha!
    Você tem razão.. eu chutei o balde (e a areia, e as pazinhas) com o post sobre magnésio mas é que aquele blog, eu uso para organizar minhas idéias sobre as aulas da pós. É porque se eu não fizer isso, corro o risco de nunca mais ler o que anotei (rsrs) mas tem o blog SAP que é o www.velmnutri.blogspot.com onde eu costumo arrumar o texto de forma mais resumida, e inteligível. Estou trabalhando no post do magnésio. Acho que hoje eu coloco lá.
    Quanto aos seus pães, ficaram lindos (e devem ter ficados suculentos) depois eu vou ver se consigo fazer uma versão sem glúten e lactose dele para ver se consigo fazê-lo ficar assim enroladinho.
    Beijos
    Apareça sempre.

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Descobri o seu blog a mais ou menos 6 meses, através uma pesquisa sobre transpiração excessiva e desde então venho acompanhando o seu blog.

    Despois de muitas pesquisas descobri o Driclor, e posso dizer que comigo funcionou a 100%, nada de transpiração. Eu moro em Portugal, aqui encontra-se em qualquer farmácia, estive a pesquisar na internet e também há a venda no Brasil (pela net).

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Queimadura de limão

Doce de goiaba caseiro

Lava-Louça Enxuta Automática