7/06/2011

O tempo do preventivo periodico

Determinei na minha vida que mês de aniversário é mês de ginecologista. Como junho eu passei viajando, ontem foi minha consulta.

Dessa vez eu gostei da médica. Ela deixou eu conversar tudo o que eu queria. Perguntei um monte de coisas sobre o Belara, sobre métodos contraceptivos não hormonais, tabelinha e camisinha. Ou seja, foi mais de meia hora de consulta. Adorei.

E tava eu lá toda pimpona, no exame que só não é mais constrangedor do que exame de fezes* e ela me vem com a frase: "Você está com uma feridinha no colo do útero!"

E eu:
O.O

Nem sei onde fica o colo do útero, será que eu caí e ralei ele em algum lugar que não me lembro? Vivo me batendo nos braços do busão e aparecendo com roxos inesplicáveis...

Pois bem. Eu não sou mulher de ficar encucada. Quer dizer, eu fico encucada, mas primeiro eu procuro no google pra descobrir qual é a minha patologia. E qual não foi minha surpresa quando eu descobri que talvez a calterização que ela me  recomendou seja desnecessária?

Pelo que eu entendi, há um comportamente normal dentro do colo do útero que causa essa "feridinha" que na verdade não é feridinha. E ela tem razão quando disse que é normal, não é doença e não é câncer =D

Vejam com seus próprios olhos:

http://draflaviaaguiar.blogspot.com/2008/10/o-que-so-as-feridinhas-do-colo-do-tero.html
http://www.drcarlos.med.br/artigo_011.html


Agora me conte, qual é a sua experiência  com essa tal de feridinha. Porque eu ainda  não marquei a  cauterização e estou pensando se dou balão, se marco pra logo, se dói e se eu devo ficar nervosa ou não =X

Me conta, vai!

* se bem que eu acho que estou pegando o jeito desse exame, porque nem fiquei constrangida. Fiquei mais preocupada de estar  com chulé (tem que tirar o tenis, né?)

8 comentários:

  1. Oi, Gô!
    Eu já tive a tal feridinha e cauterizei e não doeu, mas ficou um cheiro de carne queimada (blerrg). Só tem que ficar um tempo sem fazer o nhonho, pra deixar cicatrizar bem, até porque acredito que seja uma porta pra infeccções indesejadas né. Resumindo: mulher é bichinho complicado! Vê se os homens ficam indo no médico mostrar o tico? Só sobra pra nós mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gô! Eu já fiz essa cauterização umas duas vezes acho... A médica falou que precisava e fiz. É rapidíssimo, só arde um pouco e não senti nada. Não tive nenhum tipo de complicação, nada, nada. Bjs! Cris

    ResponderExcluir
  3. Bem lembrado, preciso marcar meu preventivo desse ano. O meu é médicO, então né, rs... Mas a médica aqui é concorridíssima, aí é uma novela pra marcar consulta.

    Olha, ouvi dizer que cauterizar nem dói nada e é bom fazer, porque feridinha é feridinha, um dia pode te incomodar.

    Lembro da última vez em que fiz o preventivo, e uma vez tive que fazer ultrassom intravaginal, e a médica (que eu tinha na época) disse que meu colo do útero era lindo! Que elogio estranho né, kkkkkk!



    Bjo!

    ResponderExcluir
  4. Ai, Gô! Eu sempre enrolo pra ir na gina... e tô que nem vc, difícil pra arrumar uma com a qual role uma simpatia, hehe. Só pulando de galho em galho... mas como penso em tentar um baby em breve, não terei escapatória, né. Essa feridinha nunca tinha ouvido falar! Sabe q me aconteceu uma coisa engraçada? Estava eu em busca de mais uma gina (pq até hj não consegui uma "legal" depois que o plano de saúde mudou), e aí finalmente consegui uma... qndo cheguei no consultório, levei um baita susto: a mulher tem 70 e tantos anos,acredita?! Eu devo ter feito uma "cara", pq ela começou a contar uma história de uma menininha q chegou lá e ficou tentando adivinhar a idade dela, kkkkk. Bjins, e se cuida!

    ResponderExcluir
  5. olá moça tudo bem? Bom eu ja seguia seu blog com meu antigo blog!rsrsrs
    Fiz um novo, vc pode participar pra me dar uma força?
    beijos
    http://gordinhassimedaii.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oie GÔ, eu tbm nao gosto de ir ao ginecologista, e tbm faz tempo que nao vou :( planejo ir qdo passar mais esse frio, hahaha, to igual a esquimó.

    bjiimm e ótimo final de semana

    http://muslimahfashionn.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca tive a feridinha, nunca cauterizei, mas conheço várias pessoas que já tiveram e tudo ficou bem. Não sei dizer se é ou não necessário cauterizar, porém, acho que se você não está segura sobre o procedimento, ainda mais sendo uma médica que acabou de conhecer, ou obtém uma segunda opinião, ou confia nela e faz. Sabe, eu ri muito com a história do exame constrangedor x tirar o tênis. Nunca fiquei constrangida no exame ginecológico, inclusive sempre tive ginecologista homem. Porém, certa vez,há mais de 30 anos,numa consulta emergencial (eu pensava que estava grávida e que estava tendo um aborto espontâneo, foi tudo um grande equívoco), tive que ser examinada rapidamente, num hospital, não conhecia o médico etc. Na hora do exame, com todo o nervosismo da situação, eu ainda tive o displante de lembrar que o meu pé estava horrível, precisando urgentemente de um podólogo, as unhas por fazer e aí, me fiz de besta e não tirei o sapato! kkk E a enfermeira insistindo para eu tirar e eu dizendo que preferia não tirar! kkk Tirei, claro...rs Lembrei disso hoje. Lembrei que chegando em casa contei a uma vizinha que era muito amiga, nós ríamos tanto, mas tanto! Não há de ser nada, fique tranquila. Beijos, boa semana.

    ResponderExcluir
  8. Há muito tempo atrás tive a tal de "feirdinha" e, qdo a médica me disse, eu pedi pra curar(cauterizar) o mais depressa possivel, pra me livrar. Foi rapidinho, a sensação é a mesma de qdo a gente faz o preventivo. Nada demais. Não teve cheiro de nada queimado, foi tão rápido q fiquei surpresa. Mesmo q fosse + complicado eu faria pra me livrar. Uma coisa é uma feridinha na pele onde a gente vê se sarou ou não, outra bem diferente, no útero. Faz essa cauterização, e fique descansada q vc vai ficar sem problemas. Se já é preocupante qqer coisa q a gente vê na pele, imagina o q não vê. Trata disso e seja feliz! Não é mais incômodo q uma consulta simples. Boa sorte, e saúde.
    Ju

    ResponderExcluir