Meu peso ideal

Devo estar pesando uns 87 quilos.

Da última vez que me pesei, estava com 86.

O meu máximo, meu record, digamos assim, foi 93,7. Em 2006. Foi nesse momento em que me senti explodindo e decidi que, já que eu faria tudo para emagrecer, que tal parar de comer, né?

Foi então que eu passei um ano emagrecendo, e encostei nos 69,9 quilos. Foram uns 23 quilos emagrecidos em um ano. Não fui difícil, mas foi como umas férias.

Quando eu encostei nos 70 quilos, foi o momento da minha vida que eu me lembro estar mais magra. O que eu me lembro foi de que meus ossos estavam saltados. Meus joelhos se encostavam na hora de ir dormir e eu tenho essa aflição até hoje.

Me lembro também de parar de me reconhecer no espelho.

Eu não gostei de ser “magra”. De pesar 70 quilos. Olha que esse ainda não é o magro aceitável para ser chamado de magro. Devo ter passado 15 dias com esse peso, já veio o natal e o ano novo, e eu tinha saído das minhas “férias”. Comecei 2008 com 71 ou 72.

Fiquei com 72 por muito tempo. Mas as festas, os finais de semana, o casamento, o braço quebrado, mais festas, mais finais de ano. Pizzas e jantares mal planejados. Tudo isso me fez engordar lentamente (já estamos em 2012, né?) até alcançar o peso atual. Que eu não sei direito qual é, porque me cansa um pouco isso de controlar constantemente a balança.

Eu gostaria que meu estilo de vida me fizesse pesar uns 75 quilos, no máximo. Mas eu gostaria que isso fosse natural em mim. Que, depois de uma festa, eu naturalmente voltasse pro meu peso habitual.

Mas eu não sou assim. Meu estilo de vida não estaciona em um peso. Eu sempre me lembro de viver engordando, e nunca estabilizada.

Talvez, porque meu estilo de vida, na verdade, me faça estabilizar em 150 quilos. Como não tive tempo suficiente, não sei.

Eu gostaria de não precisar ter que controlar o que como. Gostaria de ter a fome certa para o peso, ter vontade de doce só raramente. Gostaria que essa saciedade fosse natural na minha existência. Mas ela não é.

O que me resta é tentar modificar meus hábitos até que o que não me é natural se torne.

Não sei se é possível, mas tenho esperanças de que seja.


Eu poderia fazer de conta que eu não tenho fome a cada 2 horas. Eu poderia fazer de conta que um pratinho com 300 calorias me é suficiente no jantar (sem que eu vá dormir meio tonta de fome). Eu poderia cozinhar só vegetais, e não comprar nunca mais açúcar ou chocolate. Até que chegue o dia em que eu não tenha fome, nem tenha vontade de decorar cupcakes gordurentos e lindos. Talvez eu até passe a achá-los gordurentos e nojentos.

Comentários

  1. Nosso momento é agora, não desiste vai devagar mais sempre!!bjos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!!! to te achando desanimada, força! Não fique assim acontece com todas nós que estamos no mesmo barco é normal nosso corpo passa por varias modificações e tb tem o lado do emocional. Fique tranquila, vá devagar sem pressa e tenha fé em vc mesma amiga.
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Não desista querida!!!

    Esse pensamento de "Ah, já to gorda mesmo, não dá nada comer isso", me fez chegar qse 120kg...e ai ja nao tinha mais jeito com dieta,so fazendo a bariatrica mesmo...
    Entao aproveite q vc ainda esta com peso bom pra emagrecer na dieta e manda ver!!!
    Se enfiar o pe na jaca um dia, compensa no outro com uma alimentacao mais saudavel...e faz como eu agora, faz caminhadas, ate vc chegar nos tao sonhados 75kg...
    Força!!!! beijos e otima semana!!!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Gô, vc descreveu milimetricamente meus últimos seis anos, rsrsrs. Não apenas os fatos bateram, mas as sensações e vontades também. Somos quase irmãs gêmulas, rsrsrs. Nem preciso escrever nada aqui, tá tudo no seu post. Bju!!!! Cris

    ResponderExcluir
  5. Amiga, é possível sim ... emagrecer é possível !! Força de vontade, assiduidade, a gente consegue ! Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. claro q eh possivel!!

    to sentindo que vc escreveu isso como quem tirasse um piano das costas...

    nao leve a ra como algo tao pesado, como uma obrigaçao.. ainda pouco falei pra um amiga companheira de jjornada tb que a ra tem que ser tipo qnd vc era criança, que tinha passeio da escola e que vc nao conseguia dormir sabe.. mas ai sua mae dizia pra vc ir dormir q assim ia passar mais rapido!

    pois bem, te digo o mesmo
    faça sua parte, feche os olhos e abstraia... qnd vc reparar, ja vai ter chagado!!

    ResponderExcluir
  7. Eu te entendo perfeitamente!!
    E dificil demais!!!
    EStou meio estressada com quem comenta como se fosse a coisa mais facil do mundo
    sorrindo vai malhar, sorrindo come so salada..
    se fosse facilassim
    MAS NAO É
    E DIFICIL MESMO
    BJS

    ResponderExcluir
  8. Ooooiiiii GÔ!
    Nos últimos 5 anos o meu peso normal era 80, 81.E eu já pesei 105 kg... e o mínimo que consegui alcançar foi 74 kg por umas 12 horas, eu acho! Mas pesando 80 eu não me sinto bem, mas em contrapartida sofro por não poder comer do jeito que eu queria, que provavelmente seja a dieta de uma pessoa de 120 kg, hehe. Aí tive um percalço no começo desse ano, agora tô oscilando entre 74,75 kg e ainda não me sinto bem. Será que eu serei uma eterna insatisfeita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu acho que a eterna insatisfação é intrínseco do serumano-feminimo. Ou seja, essa mulherada nunca tá sasisfeita.

      Porém, o "ser feliz" é uma coisa pra já, né?

      Eu, por exemplo, queria ter nascido Paris Hilton morena! Não me importaria de ser rica com ela hehehe.

      Excluir
  9. Nossa...achei tão bonito seu post...De verdade, ele tocou meu coração pois parecia que vc estava dentro da minha cabeça lendo meus pensamentos sem tirar nem por.

    Quero até pedir sua autorização pra colocar um link num post lá meu blog direcionando as pessoas pra esse seu post. Seria um Post do seu Post, o que acha? Se não quiser é só não responder, prometo que " a amizade continua a mesma!" kkkkkkk

    Amei.

    bj imenso.

    P.S- a parte de estabilizar nos 150 foi de rir muito!!! sempre penso sobre isso...qual seria o peso em que eu pararia de engordar??? Acho que passaria dos 150 viu... Metabolismo podre amiga. Isso é no limits!
    A gente ri, mas é triste...no fundo eu acho muito triste! Mas posso viver com isso...kkkkk

    ResponderExcluir
  10. Oie,
    também estou nessa luta que é o emagrecimento,
    que tal nos ajudarmos?! É sempre bom quando temos com quem compartilhar, trocar informações, dar uma força quando for preciso.
    A blogsferalight é isso todas com um só objetivo: Ser magra e tem uma ótima alto estima! Já estou te seguindo, me segue também?

    http://magrinhapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Florzinha...
    Estava procurando blogs de inspirações para o meu novo recomeço light e acabei me deparando com o seu... e simplesmente A-D-O-R-E-I, agora sempre que puder passarei aqui para ver as novidades!!!

    Estou escrevendo no meu blog sobre meu emagrecimento tbm... então se quiser dar uma passadinha por lá, para trocarmos experiências, fique a vontade ^^,

    Bjos... Boa Sorte^^

    sissalima.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá como vai..vj q está desanimada,tente ñ ficar assim,pois o tmp é tão efêmero q qdo perceberes já chegastes à casa dos 3 dígitos..digo-te q isto aconteceu comigo,eu tbém já tv mts sucessos e fracassos com minha alimentação e as consequências estão estampadas no meu corpo q está impróprio p mtas peças d roupas e principalmente biquíni.Voltei ao meu cantinho(blog) à pc tmp,e smp com a esperança e vontade d dessa vez dar certo.Temos q colocar na cabeça q essa nossa luta é vitalícia e tentar tomar as rédeas do nosso caminho,ñ q isto vá ser smp uma linha reta(é impossível)ms se for p nos descair,q seja num ângulo d 45º e ñ d 90º espero q ñ ignores a balança e à enfrente,pois estive à ler teus post e vi q tens força suficiente p está batalha.Já estou t seguindo e pds contar com meu apoio,pois nestes casos é smp mais fácil ajudarmos(incentivar positivamente) os outros do q a nós próprios,é cm uma simbiose..vai lá no meu cantinho tbém,ok!!Bjinhos..Sisi

    ResponderExcluir

Postar um comentário