Comecei na dança do ventre

Comecei a fazer dança do ventre há mais ou menos um ano e meio. Foi no começo de 2016.

Comecei porque todo mundo diz: Atividade Física, lero-lero-lero!

Mas sabe, nenhum saco pra fazer caminhada, corrida, academia. Eca!

Então achei que fazer uma aula de dança pudesse me ajudar. E já no primeiro dia avisei a prof: não vou apresentar! Não quero glamur!

O que aconteceu? Já apresentei 3 vezes. Todas sofri tudo o que eu achei que sofreria, principalmente:

  • nervoso por ser filmada e virar meme
  • nervoso por errar a coreografia
  • nervoso porque não gosto de maquiagem e toda essa meleca de "ser mulher"
  • nervoso de nervoso mesmo
Eu gosto? Não, não gosto! Mas eu sobrevivi!

Agora, fazer a aula eu gosto! Gosto de treinar, gosto de ver a coreografia encaixando na música, gosto de ver eu lá no começo e eu agora, tão mais evoluida! E ver que ainda tem um caminho LONGO até eu parar de ter cara de aluna!

Mas, é uma atividade física maravilhosa! Eu realmente esqueço do mundo quando estou lá. Não quando eu tenho que treinar pro evento, aí eu tô no trampo e tô nervosa e blablabla.

Mas é muito bom ter um objetivo que não seja "emagrecer".

As vezes a música é muito puxada e eu falo pra profe: Desse jeito vou acabar emagrecendo!

Mas, tá legal, e eu queria que não tivesse  muita apresentação (tá percebendo que é quase a cada 6 meses) porque aí eu poderia aproveitar melhor.

Ah, minha profe diz que eu sou boa. Eu erro bastante ainda, e faço vários movimentos meio sem precisão, mas vamos tocando o barco, a vontade maior ainda é de continuar do que de parar.

Comentários

  1. Que bacana guria!
    Eis uma coisa que nunca pensei em fazer porque não acredito que tenha coordenação mínima para tal, rs... Mas acho lindo!


    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também achava que não tinha coordenação "minima para tal", mas a verdade é que você só sabe o seu limite quando desafia esse limite.

      Eu estou a um ano e meio fazendo, e ainda estou progredindo. Nunca achei que fosse conseguir, mas até que eu não sou a pior da minha turma.

      Se é que você tem vontade, eu acho que você tem que tentar sim. Aí depois de tentar você decide se tem ou não coordenação.

      beijos!

      Excluir

Postar um comentário